Com toda a certeza, um dos assuntos que mais repercutiu na mídia nas últimas semanas foi a saída do Reino Unido da União Européia.

Esse tema preocupa muito os brasileiros, principalmente os que moram na Europa, que possuem várias dúvidas a respeito do que irá mudar para eles em relação a esse tema.

O que acontecerá a partir de agora? Os brasileiros irão perder algum direito? Será mais difícil entrar nos países que compõem o território?

Tudo isso você verá, a partir de agora, nesse artigo completo sobre o tema, que irá mostrar tudo o que irá haver após o Brexit, a saída do Reino Unido da UE.

Acompanhe!

Saída do Reino Unido da União Européia: Saiba tudo o que acontece agora com brasileiros

O Brexit: A saída do Reino Unido da UE

O referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, que foi chamado de Brexit, ocorreu no ano de 2016.

Desde lá, foram três anos de impasses, brigas políticas, muita discussão e, finalmente, no início de 2020, o destino da grande nação formada por diversos países (Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte).

Quando a saída foi finalmente anunciada, passou a preocupar os brasileiros que desejam saber sobre o que acontecerá a partir de agora.

A primeira coisa que é preciso deixar claro é que até que a saída do Reino Unido da UE ocorra de vez, ainda levará algum tempo, já que serão 11 meses de detalhes a serem negociados.

Quais são os detalhes a serem negociados?

Como visto, a saída do Reino Unido da União Europeia não ocorrerá de um dia para outro, então nos próximos 11 meses, diversos detalhes serão negociados.

Apenas se não houver nenhum tipo de acordo dentro desse período, então a saída poderá, realmente, ocorrer sem acordo.

Por enquanto, portanto, há diversas regras atuais que continuarão valendo, como a questão de viagens, as relações comerciais e os negócios entre os países.

Ao longo do período, os detalhes que vão ser negociados serão:

  • As questões das permissões sobre trabalho e sobre a residência para os europeus no Reino Unido e para os britânicos dentro da União Europeia;
  • As questões dos medicamentos, com relação a regulamentação e licenciamento dos mesmos;
  • As questões referentes à circulação dos britânicos nos países da União Europeia, e dos europeus no Reino Unido;
  • Entre outros vários mais!

Isso significa que, no momento atual, os cidadãos europeus e os britânicos poderão, de uma forma geral, viver, estudar, fazer negócios ou trabalhar nos países membros da UE e no Reino Unido.

Mas afinal, o que muda para os brasileiros com a saída do Reino Unido da União Europeia?

O que mudará para os brasileiros com a saída do Reino Unido da União Europeia?

Bom, para os brasileiros com cidadania europeia, como a dupla cidadania italiana, ou não, nada muda por enquanto.

Isso significa que, de modo geral, as regras continuarão as mesmas, ou seja, os brasileiros poderão entrar nos países do Reino Unido com o passaporte válido.

Na atualidade, apenas o passaporte já é suficiente para a entrada na nação, sem a necessidade de ter visto.

Além disso, para aqueles que estão a turismo no Reino Unido, após o Brexit, o tempo de permanência máximo ainda é de 6 meses.

Fora isso, os brasileiros ainda continuarão precisando, quando forem entrar nos países britânicos:

  • Ter em mãos as passagens de ida e de volta
  • Ter em mãos comprovante de local de estadia
  • Ter em mãos comprovante de seguro saúde
  • Ter em mãos comprovante de que tem condições de sustentar-se no país durante o período da viagem

Com relação ao visto de trabalho e também ao visto de estudo, os mesmos ainda precisarão ser solicitados por aqueles brasileiros que desejarem trabalhar ou estudar no Reino Unido.

E os brasileiros com cidadania européia?

Para os brasileiros descendentes de português e com cidadania portuguesa, ou com dupla cidadania italiana, por exemplo, as regras também continuam as mesmas.

Eles ainda poderão ir, enquanto não ocorrer a saída do Reino Unido da União Europeia de forma definitiva, livremente para estudar e trabalhar em qualquer um dos países que compõem a grande nação britânica.

Após o dia 31 de dezembro de 2020, entretanto, até que as negociações sejam realizadas e finalizadas, ainda não se sabe se isso continuará a ocorrer.

É muito provável, principalmente se não houver acordo entre as partes, que o rompimento grave e sem precedentes cause graves problemas aos brasileiros com passaporte europeu quanto aos benefícios no Reino Unido.

Dupla cidadania: Brasileiros que têm direito podem viver como cidadãos europeus

Se você possui algum ascendente próximo que seja italiano, português, espanhol ou alemão, por exemplo, saiba que é possível pedir a dupla cidadania.

O mais comum no Brasil, obviamente, é a presença dos descendentes de português ou com direito à dupla cidadania europeia.

Para esses descendentes, a oportunidade de tirar o passaporte europeu permite que eles possam viver, estudar e trabalhar no velho continente como cidadãos.

Conclusão

Como você viu, o Brexit, que é a saída do Reino Unido da União Europeia, causou bastante polêmica nas últimas semanas, preocupando bastante os brasileiros.

Isso porque a maioria, principalmente aqueles com passaporte europeu, passou a acreditar que haveriam mudanças rígidas, por exemplo, na questão da entrada e do estudo no Reino Unido.

Neste texto, entretanto, você pôde ver como as mudanças, pelo menos por agora, não serão tão enérgicas e que deverão demorar um bom tempo para serem implantadas, por meio de acordos.

Deixe-nos um comentário

Solve : *
18 − 17 =