O que faz um vidraceiro?

O vidraceiro é um profissional que trabalha com vidro tanto confeccionando o mesmo, quanto montando e realizando sua instalação. A profissão não é necessariamente recente no mercado de trabalho, mas conta com poucos cursos de formação, então vidraceiros normalmente adquirem um conhecimento repassado por outros profissionais que atuam no setor a mais tempo.

Mas, atualmente já existem cursos no mercado que formam vidraceiros e conta com repasse de conhecimentos sobre normas técnicas, criação, manuseio e instalação dos vidros, conhecimento sobre qualidade de materiais e mais.

Quer conhecer mais sobre a profissão de vidraceiro e o mercado de trabalho para esse profissional? Então, não deixe de conferir o artigo a seguir.

Caso queira conhecer uma Vidraçaria profissional, recomendamos a Box Marque.

O que é um vidraceiro?

O vidraceiro é o profissional que trabalha com vidro, tanto na área de confecção, quanto na área de montagem e instalação. O vidraceiro utiliza técnicas para manusear o vidro de forma correta e tem conhecimento sobre os materiais usados.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas  determinou uma norma para delimitar as habilidades de um vidraceiro, sendo separada em quatro categorias: instalador, especificador, transportador e vendedor.

Qual a formação do vidraceiro?

O vidraceiro normalmente tem um conhecimento prático que é passado para ele por outro profissional experiente que atua na área há muito tempo, mas atualmente existem cursos específicos para formar profissionais vidraceiros, no qual possibilitam condições de criação, instalação e demais serviços com vidro, normas técnicas, planejamento, qualidade de materiais, entre outros.

Os cursos para vidraceiro são diversos, existem os mais simples com carga horária menor, entre 40 e 60 horas, e cursos mais completos com 160 horas, assim como tem os cursos de vidraceiro gratuito e os cursos de vidraceiro pagos que ficam em torno de R$ 500,00 a R$ 1.600,00.

A grade curricular inclui cadeiras como: segurança no trabalho: causas e como prevenir acidentes; normas e procedimentos; esquadrias; EPI (Equipamentos de Proteção Individual); análise de risco; técnicas de instalação e mais.

Qual o salário do vidraceiro?

O salário do vidraceiro varia conforme a experiência, estado, o setor de atuação, mas fica em torno de 1.500,00 reais.

Os estados de São Paulo, Santa Catarina e Paraná se destacam por oferecer os melhores salários para o vidraceiro e Alagoas, Piauí e Roraima ficam atrás por oferecer os salários mais baixos para vidraceiros.

O que faz um vidraceiro?

O vidraceiro tem diversas funções, incluindo:

  • Instalar vidros e seus constituintes;
  • Reconhecer as ferramentas e  materiais adequadas  a se utilizar;
  • Saber calcular as dimensões de espaços e materiais;
  • Diferenciar os diversos tipos de vidro como insulado, temperado e laminado;
  • Recomendar soluções e opções aos clientes;
  • Ter conhecimento sobre as especificidades dos materiais utilizados como o peso, dimensão e riscos relacionados; 
  • Montar molduras e quadros;
  • Se encarregar do transporte e logística das peças;
  • Falar com o cliente para saber dos detalhes;
  • Realizar indicações ao cliente como usar e cuidar do sistema instalado;
  • Registrar informações para instalação num plano técnico;
  • Cortar e lapidar vidro;
  • Fechar fachadas e sacadas de vidro;
  • Selecionar a fechadura correta para cada tipo de vidro;
  • Realizar manutenção de peças instaladas por outros vidraceiros;
  • Dividir guichês, ambientes e espelhos;
  • Analisar desgaste de peças;
  • Instalar guarda-corpos;
  • Identificar problemas e necessidades.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o vidraceiro é diverso, visto que esse profissional pode trabalhar na indústria de automóvel, na construção civil, na indústria de móveis, indústria de transformação de vídeo, lojas de decoração e venda de cristais e vidros.

Além disso, também é possível abrir o próprio negócio e trabalhar com a criação de peças, prestação de serviços ou vendas. 

O mercado de trabalho atual para vidraceiro está vantajoso, devido a pouca mão de obra qualificada e pelo grande número de reformas e construções ocorrendo em todo o país. As áreas que mais contratam o vidraceiro são: fabricação de vidro de segurança e plano; fabricação de vidros; comércio varejista de vidros e fabricação de esquadrias de metal.

Quais os riscos da profissão?

Alguns ambientes de trabalho do vidraceiro podem contar muitos riscos, são eles:

  • Lesões nos braços e costas: ocorrem devido ao manuseio de lâminas de vidro que são incômodas e grandes, assim como a necessidade de ficar em pé por grandes períodos de tempo e trabalhar em posições desconfortáveis; 
  • Lesões decorrentes de quedas: os vidraceiros trabalham em locais altos, além de utilizar andaimes e escadas;
  • O pó que advém do corte, polimento, perfuração e trituração do vidro pode causar algum dano;
  • O trabalho ao ar livre, em clima muito quente ou frio pode causar algum problema de saúde;
  • Os vidraceiros podem levar tropeções, escorregões e quedas;
  • Solventes nocivos à saúde estão presentes em selantes, adesivos e produtos de limpeza utilizados nos vidros;
  • Os vidraceiros podem sofrer lacerações e cortes devido a partes afiadas do vidro;
  • Ferramentas elétricas e manuais trazem riscos de cortes ou ferimentos mais graves.

Como se prevenir desses riscos de trabalho?

  • Comprovar que os equipamentos e ferramentas estão funcionando em boas condições;
  • Cumprir com os procedimentos determinados em trabalhos que envolvem altura e materiais como escadas e andaimes;
  • Usar calçados e luvas de proteção ao manipular lâminas de vidro;
  • Usar EPI adequado ao triturar e cortar vidros;
  • Cumprir técnicas de levantamento de objetos seguras;
  • Evitar a fadiga;

Quais são os procedimentos para trabalhar de forma segura?

  • Usar equipamentos adequados para proteção pessoal, como proteção para a cabeça, olhos, calçados adequados e luvas;
  • Ter conhecimento sobre os procedimentos e normas de segurança; 
  • Manter os setores de trabalho em ótimas condições;
  • Evitar a fadiga e o estresse relacionados a prazos e turnos rigorosos, assim como a dias de trabalho maiores;
  • Ler a Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ) quando utilizar produtos perigosos e cumprir com as precauções de segurança orientadas.

Quais são as ferramentas utilizadas pelo vidraceiro?

O vidraceiro utilizada muitas ferramentas em sua atuação profissional, incluindo:

  • As mais simples são martelos, alicates e cinzéis;
  • Estiletes para massa de vidraceiro, parafusadeiras e serras;
  • Níveis e prumos para medir e equilibrar itens de vidro em processo de montagem;
  • Adesivos e produtos químicos serão utilizados para montar cimentos, mástiques e materiais emborrachados.

Deixe-nos um comentário

Solve : *
9 × 11 =